Home knop niet gevonden :(
no navicon found no close icon found
Home knop niet gevonden :(

Discografie

Come along LP 1988 Paul Scheepmaker
One CD 2002 Gues
The monster CD 2005 The Open (single)
Na Rede da Varanda CD 2013 O Fino Da Bossa

Online te vinden

Na rede da varanda

 

Tracklist voor Na Rede da Varanda

Cover plaatje niet gevonden :(
  1. Desapericido
  2. Fala Não
  3. Angel Eyes
  4. O Meu Rio
  5. Vi Você
  6. Ainda Voce No Meu Coracao
  7. Nerinyo
  8. Para O Meu Pai
  9. Terras De Vera Cruz
  10. O Pai-De-Santo
  11. Pau De Arara
  12. Na Luz Da Lua
  13. No Quintal Da Dona Flor
  14. Aquece Meu Coracao
  15. Hoje No Arcoiris
  16. Pau De Arara (instrumental)
  17. Tudo Que Passou
  18. Ouvindo A Chuva
  19. Capaturado No Tempo
  20. Nerinyo, live in ‘De Meervaart’ (bonustrack)

Lyrics

Het album

Desaparecido

Eu pensei que você fosse aquele
Com quem eu sempre sonhei,
Você era aquele que fazia meu coração
Bater um pouquinho mais forte.

O seu olhar fazia com que
O meu sol brilhasse todo o dia
Eu me enganei, o não sei o que aconteceu
Você se foi e desapareceu da minha vida
Se foi e desapareceu da minha vida

Desde que você foi embora
Os meus dias se tornaram tao escuros
Eu que te quero perto de mim so mais uma vez
Você se foi e desapareceu da minha vida
Se foi e desapareceu da minha vida

Foi e desapareceu da minha vida
Você se foi e desapareceu da minha vida
Se foi e desapareceu, se foi e desapareceu
Desapareceu, desapareceu
Da minha vida, da minha vida, vida bonita, sò contigo,

Volta de mim, pra te fazer feliz
Juntos aqui, com quem sempre quis
Eu que te quero perto de mim so mais uma vez
Você se foi e desapareceu da minha vida

Muziek video

Fala Nâo

Fala nâo!
Tantas palavras são demais
Doi o coração
Deixa-me em paz
Fala nâo!
Tanto rumor me vai matar
Fala nâo!
Como nos vamos continuar?

Amanhã, ainda eu vou estar aqui?
Amanhã, vai escutar se não vou partir?
Fala demais, fala demais, fala demais
Pára!

Meu amor
Estamos tão longe e aqui!
Insuportável dor!
Não posso partir daqui
Meu amor
Lembra-se do nosso amor?
Meu amor
Nos seus braços, que grande ardor!

Amanhã, ainda eu vou estar aqui?
Amanhã, vai escutar se não vou partir?
Fala demais, fala demais, fala demais.

Abraça-me, abraça-me, abraça-me, abraça-me.
Da um beijo, da um beijo, da um beijo, da um beijo
Meu amor

Meu amor
Quero viver só com você
Meu amor
Te amarei, abraça me
Meu amor, não precisa de falar, abraça me
Meu amor

Fala não!
Tantas palavras são demais
Doi o coração
Deixa-me em paz
Fala não!
Tanto rumor me vai matar
Fala não! Como nos vamos continuar?

Amanhã, ainda eu vou estar aqui?
Amanhã, vai escutar se não vou partir?
Fala demais, fala demais, fala demais

Abraça-me, abraça-me, abraça-me, abraça-me
Da um beijo, da um beijo, da um beijo, da um beijo
Abraça-me, abraça-me, abraça-me, abraça-me
Da um beijo, da um beijo, da um beijo, da um beijo
Meu amor
Meu amor

Muziek video

Angel Eyes

Angel eyes
De você
Porque não te conheço
Te vejo passar de novo
Porque naô vai ter
você e eu?

Angel eyes
Nunca mais
Vâo seus olhos perturbar
Esta vida? Onde vai?
Vâo nossos olhos encontrar?
Vâo nunca mais se juntar

Presta atencão
Me doê o coracão
Meus olhos morrem sem os teus
Você e eu, você e eu!

Vi Você

Foi na rua só, sem pensamentos
E de repente o sol surgiú
Tanta luz olhos afogados
Me perguntei se vai me cegar a luz

Vi você, e desapareceu
Vi você, e desapareceu

Gelo me queimou, fogo me gelou
Relampago no céu azul
Foi você quem surgiú no caminho
Queria Falar mas não tinha voz

Vi você, e desapareceu
Vi você, e desapareceu

Foi na rua só, sem pensamentos
E de repente o sol surgiú
Foi você quem surgiú no caminho na minha vida
Queria Falar mas não tinha voz
Foi você quem surgiú no caminho
Você quem surgiú no caminho
Queria Falar mas não tinha voz

Vi você, e desapareceu
Vi você, e desapareceu

Muziek video

Ainda Voçê No Meu Coração

Ainda voçê no meu coração, ainda, ainda, ainda, ainda
Ainda voçê no meu coração, ainda, ainda, ainda, ainda
Ayundyunda

Muito tempo se passou
Estávamos sempre juntos
Vivíamos na fazenda
A memória está viva
Onde o tempo passou
Em busca do amor perdido

Ainda voçê no meu coração, ainda, ainda, ainda, ainda
Ayundyunda

Viviamos no dia-a-dia
Parecia nunca passar
Eu vivi apenas para ele
O mais puro amor não morre
Não morre

Ainda voçê no meu coração, ainda, ainda, ainda, ainda
Ayundyunda

O tempo foi passando
Como cinzas de um fogo
Ele partiu, figué a chorar
E o mundo párou de girar

Ainda voçê no meu coração, ainda, ainda, ainda, ainda
Ayundyunda.

Viviamos no dia-a-dia
Parecia nunca passar
Eu vivi apenas para ele
O mais puro amor não morre
Não morre

Se às vêzes te encontro
Fora de mim ando tonto
Quando olho nos seus olhos
Nem tudo morreu, morreu, morreu
Nem tudo

Viviamos no dia-a-dia
Naõ parecia nunca passar
Eu vivi apenas para ele
O mais puro amor não morre, não morre, não morre
O mais puro amor não morre.

Nerinyo

Como dizer, Nerinyo
Eu quero ficar com você
O que dizer, Nerinyo
com você eu iria reviver
O que voc&e quer, Nerinyo
Eu não posso mais sofrer

Não se afaste de mim
Não tenha medo de se apaixonar Diga o que devo fazer para sempre, sempre me amar?

Nerinyo Nerinyo
Você é o sol que me faz brilhar
Se você estiver perto
Não posso mais pensar
Em ti me vejo, em você e vejo o futuro
Sem você não há nenhuma cor na vida
Vim aqui prá salvar meu coração
dá-me a atenção

Nerinyo Nerinyo
Quanto mais perto de ti, mais longe você voa
Não me atrevo a dizer o que eu sonho, bonito
Não fuja
Esta na minha alma
Nerinyo Nerinyo
Nerinyo Nerinyo

Nerinyo Nerinyo
Eu não posso fugir, do seu, espirito
Não me atrevo a dizer o que eu sonho, bonito
Nerinyo Nerinyo
Nerinyo Nerinyo

Muziek video

Terras de Vera Cruz

Quatro semanas depois de belas ilhas
De Cabo Verde passou, velejamos mais
Prá onde foi? Ninguém sabia

Finalmente tinhamos terra à vista
Cerca de vinte Tupis nós esperavam
Ninguém sabe o que pensavam

Eles eram escuros, practicamente nus
Usavam flechas e arcos
Os guerreiros, belos cabelos, pele lisa

Amigo em sua recepção
Primeira grande introdução
o mundo velho
o mundo novo
Sera assim o futuro?
Da cabeça aos pés, eles eram pintados
Narizes bem torneados, rostos bonitos
Niguém sabe o que pensavam

Cocar com penas azuis e vermelhas
E belas roupas multicoloridas
Ninguém sabe o que pensavam

De repente começou a dançar
Saltando ao som da flauta
Eram mais nossos amigos do que nós deles
Sem massacres our violência
A beleza longe da casa
Nossa estada
Foi uma festa
Foi uma festa
Como que o futuro trará?

Terras de Vera Cruz

Ele começou a dançar
Saltando ao som da flauta
Amigos em sua recepção
Primeira grande introdução
O mundo velho
O mundo novo
Sera assim a futuro?

Sem massacres ou violência
A beleza longe de casa
Nossa estada
Foi uma festa
Como o que o futuro trará?

Terras de Vera Cruz

O Pai-De-Santos

Sentamos em volta, da grande fogueira
Tínhamos bebido, demais cachaça
Atençao foi para, os moradores d'ilha
Historias reais ou de fantasia

Rituais mágicos pra o Pai-de-Santos
Animais que foram enfeitiçados
A menima insistiu vá conversar com o Pai
Ele serve a deusa do mar

Ela beijou-me e desapereceu na noite tropical
Figuei a sòs com Deus

(E o Pai me disse:)

Vamos prá o rio amanhã ao amanhecer
Voçê tem problemas
Com os antepassados, vá ver
Vamos falar com os Santos, ir!

Sequir o outro caminho
Eu deva seguir, prá o meu lugar

Eu a vi na borda, da floresta densa
Usou os búzios, e preveu o futuro
No brilho das velas, mãos trêmulas
Olhos movem, frente e prá trás

Cabelos dos braços ficaram em pé
Ele disse há alguém que to protege, sempre
Te cuida, trouxe aqui prá lhe dizer
È o Espírito e sempre com você
Deu um colar longo de contas de vidro
Usá-lo pra ela, irá protegê-la

Vamos prá o rio amanhã ao amanhecer
Voçê tem problemas
Com os antepassados, vá ver
Vamos falar com os Santos, ir!

Seguir o outro caminho
Seguir o outro caminho
Seguir, prá o meu lugar

Eu devo seguir o outro caminho
Seguir, prá o meu lugar

Muziek video

Pau de Arara

Hoje é o dia, meu filho perdi
Que ele me deixa
Um por um deixa seu país
Sozinha na minha cabana
Meu coração tá prenchido de tristeza e dor
muito tempo sonhava
Os segredos di cidade
Longe da vida na pobreza
Leva suas roupas e sua guitarra
Toca por vezes essa melodia
Você fez minha vida melhor do que era
Cumprir os seus sonhos com o Pau de Arara

Hoje é o dia do silêncio
Cheio de tnato vazio
Te amam o suficiente?
Têm hábitos diferentes
Ganhar mais do que eu perdi
Cresceu com farinha
E café frio sobra
Eu não poderia dar-te mais

Nascido na beira do sertão
Nascido na beira do sertão
Não pode ser pior do que era
Nenhuma nostalgia para a pobreza
Na beira do sertão
Nào pode ser pior do que era
Nenhuma nostalgia para a pobreza
Você fez minha vida melhor de que era
Cumprir os seus sonhos com o Pau de Arara

O Pau de arara
O Pau de arara
Faça o melhor da vida futura
O Pau de arara
Faça o melhor da vida futura
Faça o melhor da vida futura
Faça o melhor de vida futura

O Pau de arara
O Pau de arara
Você fez minha vida melhor do que era
Cumprir os seus sonhos com o Pau de Arara
O Pau de arara

No quintal da Dona Flor

Vamos ver o quintal
Com tantas cores, floração
Nunca a lembrança sai
Sai de mim nunca mais

Voltamos para oquintal
Rosas e ervas, um milhão
Em que nasceu nosso amor
Graças ao favor
Da dona Flor

Ninguém conheceu
A sua idade, sabe Deus
Olhos fraquinhos
Ainda vêm demais
Nunca tem pas
Dona Flor o que faz?

Parecia bem feliz
Falando tanto com flor-de-lis
Não tinha nada que não podia ver
Que grande poder!

Oh Dona Flor
Ela partiu com meu amor
Onde está?
Há alguém que me vai mostrar?
Onde está o quintal? 2x

Você partiu
Oestino decidido
Pedaço do meu coração
Ainda vive no quintal

Quintal da Dona Flor
No quintal da Dona Flor
Quintal do grande amor
Perto o meu amor
Quintal da Dona Flor
Onde ésta Dona Flor?

Aquece Meu Coração

Prá todo o sempre eu vou
Te encontrar
Estamos sempre juntos
Onde quer que você vá
Sua aparência é sempre diferente
Eu sempre te reconheço em qualquer lugar
Sempre em qualquer lugar

Linda lua cheia brilha
Tenho Tanto
Olhos de gazela
Calor do seu abraço

Convido pra viajar na
Imaginação
Acordar de madrugada
Sonhos surigrão
O mar, a noite, o som das ondas
Quero ir as estrelas
As cores do escuro,
E o sol só amanhã
E o sol só amanhã
Linda lua cheia brilha
Tenho Tanto
Olhos de gazela
Calor de seu abraço

Ensina-me agora a voar
E tudo de novo começar
Tenho Tanto
Olhos de gazela
Calor do seu abraço
Aquece meu coração

Pra todo o sempre eu vou
Te encontrar
Estamos sempre juntos
Onde quer que você vá
Sua aparência é sempre diferente
Eu sempre te reconheço em qualquer lugar
sempre em qualquer lugar

Linda lua cheia brilha
Tenho Tanto
Olhos de gazela
Calor do seu abraço

Linda lua chei brilha
Tenho Tanto olhos de gazela
Calor do seu abraço

Ensina-me agora a voar
E tudo de novo começar
Tenho Tanto
Olhos de gazela
Calor do seu abraço
Aquece meu coração

Linda lua cheia brilha
Tenho Tanto
Olhos de gazela
Calor do seu abraço

Hoje No Arcoiris

Que dia lindo, as cores bonitas
O sol no céu apareceu
Não sei se, virão autras dias
Cheio de promessas
Um dia feliz
Quando cantas
Hoje no arcoiris
Com amor e paz

Eu choro, de felicidade
Todos os beijos perdidos
Tudo é melhor, é tão diferente
Dormindo em teus braços
Um sonho assim
Que não tem firm
Hoje no arcoiris
Você perto de mim

Um sonho que não tem fim
Hoje no arcoiris
Você perto de mim
Hoke no arcoiris
Qua não tem fim
Você perto de mim

Tudo Que Passau

As imagens são nítidas
Eu lembro, algumas são vagas
D'um tempo que passou
Se eu fecho meus olhos
O que eu amava tudo acabou

Mas tudo o que aconteceu
Não são, não são nada comparado a você
Às vezes eu penso, voltar tudo de novo
Não há nada mais bonito que você e eu

Ouvindo A Chuva

Por que deveria chorar
Pela a mesma dor
Que vazio olhar
Sem calor
O que faz você tão
Sem coração
Como duro pode ser?

Não sei o que sinto
Estou confuso
A alergria prá alguns não é viável
Está
Tudo estranho
Escuro
Acabado
Vazio, vazio
Não quero mais seguir
Um só caminho
Não quero mais pensar
Que vai ser
Suas palavras são setas
Nós andamos paratrás
A pior solidão é nos sentimos juntos

Não sei o que sinto
Estou confuso
A alegria prá alguns não é viável
Está tudo estranho, escuro e vazio
Quando olho nos teus olhos eu vejo o olhar frio
Tão vazio

Não sei o que sinto
Estou tudo confuso
A alegria prá alguns não é viável
Está tudo estranho, escuro e vazio
Quando olho nos teus olhos eu vejo o olhar frio
Tão vazio

Duvindo a chuva, que cailá fora
A chuva caindo se foram minhas lágrimas
Por que chorar

Capturado No Tempo

O passado é sempre presente no nordeste do país

Se você andar pelas ruas você mergulhar nos anos quarenta
mulheres negras desgaste enorme carga sobre suas cabeças

O passado é sempre presente no nordeste do país
Passado é sempre presente, nordeste

Os homens dormem na cama d' um caminhão quebrado na rua

Um burro com um menino de pés descalços, chapéu de palha

O passado é sempre presente no nordeste do país
Passado é sempre presente, nordeste

Um paraiso, refúgio, pacifica e acalma sob as palmeiras balançando

As colinas vibrando sossegado até a noite escura o calor superou

Perca-se no presente
E obtém-se completamente perdido
Capturado no tempo

Os sem-teto no portal, igreja barroca, nenhum carro á vista

O povo na soleira da porta de seu quarto sem janela

O passado é sempre presente no nordeste do país
Passado é sempre presente, nordeste

Curandeiros são chamados
Prá ajudar os escravos
Bumba-meu-boi, meu-boi
O nordeste tem mãe lemanjá
De outro lado o Senhor Bonfim era
Quero voltar
Para Lembrar
Eu não posso esperar
Em que dia, dia
Quero voltar
Para Lembrar
Voltar para o lugar
Do meu coração